escolha a melhor tecnologia para sua comunidade escolar

Saiba escolher as melhores tecnologias educacionais para sua comunidade escolar

A inovação no âmbito escolar é um tema bastante em pauta nos atuais fóruns de educação, especialmente, quando envolve a introdução de novas tecnologias digitais. Muitas instituições de ensino acreditam que estão revolucionando suas práticas ao implantarem o Word em sala de aula, por exemplo. Mas esse, assim como outros programas semelhantes, não potencializam necessariamente…

ensino híbrido

Ensino Híbrido: dicas para engajar a turma

Entendendo o Ensino Híbrido Ensino híbrido, de maneira geral, é um ensino no qual o aprendizado ocorre a partir da combinação de atividades presenciais em sala de aula e atividades on-line, facilitadas por meio de tecnologias digitais.Vale destacar que essas atividades on-line podem ocorrer tanto na escola, presencialmente, quanto a distância.Nessa abordagem, estudantes possuem maior…

BNCC - Metodologias ativas

BNCC: 6 metodologias ativas para engajar seus alunos

Metodologias ativas é uma inovação do ensino que está ligada a um dos princípios da BNCC – Base Nacional Comum Curricular. Em escolas com metodologias ativas, estudantes participam ativamente do processo de aprendizagem, praticando atividades para aprender o conteúdo, no lugar de apenas escutar.  Os estudantes são inseridos como protagonistas do processo de ensino-aprendizagem, o…

metodologias ativas

Metodologias ativas: saiba como aplicar na sua escola

Metodologias ativas, visam colocar o estudante no centro do processo de aprendizagem. Surgem para proporcionar aos estudantes o protagonismo dentro do seu próprio desenvolvimento educacional, deixando para trás aquele modelo tradicional antigo de aula apenas expositiva.  Mas você deve estar se perguntando “quais as vantagens das metodologias ativas nas salas de aula?”. Vamos falar sobre…

Planejamento Reverso – Estudantes protagonistas da própria aprendizagem

Não é de hoje que toda educadora e educador se preocupa em fazer com que os seus estudantes sejam protagonistas da sua própria aprendizagem. Mas, na prática, a teoria pode ser  outra, não é mesmo? Por isso, uma dúvida comum que surge é: “como elaborar essa experiência de aprendizagem de forma adequada, promovendo a reflexão…